Voltar

Sem Lactose

Você sabe o que são os leites vegetais?

Bebidas que se originam de oleaginosas, leguminosas, cereais, sementes e frutas são opções para quem é intolerante à lactose ou opta pelo veganismo

Leites vegetais são todas as bebidas de fonte vegetal utilizadas para substituir o leite animal - bovino ou caprino - em algum tipo de preparo. Atualmente, existe uma grande variedade de opções, mas o pioneiro foi o leite de soja. Depois dele, vieram o leite de arroz, de aveia, de amêndoas, de castanha, de amendoim, entre outros. Em tempo: o leite de coco existia antes mesmo do leite soja, contudo, como tendência alimentar, apenas recentemente passou a ser usado para substituir a bebida de origem animal em receitas.


Quem mais consome essas opções são os veganos e também os intolerantes à lactose, que, como já explicamos aqui, é o carboidrato do leite animal. Elas não contêm glúten, com exceção do leite de espelta, uma espécie de trigo vermelho que e é consumido majoritariamente na Itália. 


Conforme a nutricionista Michele Valenti, a maior diferença entre essas bebidas é a composição nutricional. "Algumas terão mais proteínas, outras, carboidratos e outras ainda, mais gordura. A quantidade calórica também é variável. No entanto, todas têm uma grande vantagem: não apresentam colesterol", informa a especialista. É possível utilizá-las para batidas, shakes, bolos, sorvetes, queijos, molhos e iogurtes. Mas, como alguns leites vegetais contêm açúcar ou adoçante, não servem para receitas salgadas, como um molho branco, por exemplo. A saída é ler o rótulo antes de cozinhar.  


Infelizmente, aponta a nutricionista, o número de casos de intolerantes à lactose e outras hipersensibilidades alimentares cresce a cada ano. "Para atender esta demanda em ascensão, as bebidas vegetais surgiram como opção para esses pacientes e também para o público vegano", confirma Michele. 


Cálcio - Em sua maioria, os leites vegetais não possuem cálcio. O que existe no mercado são algumas marcas que enriquecem seus produtos com o mineral, reconhecido por ser importante para a saúde óssea. "Fontes de cálcio podem ser encontradas também em gergelim, couve, amêndoas, brócolis, couve-flor, espinafre, ovos, sardinha. Ou seja, não são exclusividade dos leites animais. Quem mantém uma alimentação saudável e equilibrada não terá problema com déficit de cálcio", assegura a nutricionista Michele Valenti.


Conheça as bebidas lácteas vegetais:

- Derivadas de leguminosas: de soja e de amendoim

- Derivadas de cereais: de arroz, de aveia e de espelta (uma espécie de trigo)

- Derivadas de oleaginosas: de amêndoas e de castanha (quer seja de caju, quer seja do Pará)

- Derivadas de sementes: de girassol e de alpiste (sim, existe, mas é bem raro!)

- Derivadas de tubérculos: de inhame (feito em casa, pois não existe industrializado)

- Derivadas de frutas: de coco