Voltar

Sem Lactose

Kefir, uma bebida viável para alguns intolerantes

Pessoas com baixa intolerância à lactose podem consumir o famoso leite de kefir se aptas e autorizadas por seus médicos ou nutricionistas.

Kefir é o nome dado ao "leite" fermentado produzido a partir de "grãos de kefir", verdadeiras colônias de microbiotas contendo uma grande variedade de microrganismos. Embora seja uma novidade para os  brasileiros, é um alimento bastante antigo. Sua origem vem das montanhas do Cáucaso, uma longa cordilheira que fica entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, formando uma das divisas entre o sudeste da Europa com a Ásia. 


Segundo a nutricionista Gisele Silveira, o kefir é um alimento probiótico, logo, o seu consumo está associado à melhora da flora intestinal, além de auxiliar no aumento da imunidade. Isso porque a bebida é constituída por bactérias e leveduras probióticas, ou seja, que promovem a saúde geral do organismo. “As bactérias boas melhoram a digestão e aceleram o trânsito intestinal, combatem e previnem as inflamações intestinais, visto que impedem a infecção por microrganismos através do intestino”, observa a nutricionista.


Tipos de kefir


Existem inúmeras variedades de grãos de kefir com diversos tipos de microorganismos que variam conforme a região do País e do Mundo em que são reproduzidos. Os mais comuns por aqui são os de água e de leite. Apesar de os dois grãos serem excelentes para a saúde, se diferem principalmente quanto ao sabor e aparência. Veja a diferença:


  • Kefir de água: os grãos de kefir de água são massas mucilaginosas transparentes, muito pequenas e delicadas. Como os microrganismos dos grãos de kefir de água também precisam de “alimento”, é preciso adicionar açúcar mascavo, açúcar orgânico, rapadura ou caldo de cana à água que será utilizada. Os componentes químicos do açúcar refinado interferem na fermentação dos grãos, por isso não devem ser utilizados. A bebida resultante lembra uma “soda”, com sabor adocicado e com uma discreta presença de gás. 


  • Kefir de leite: os grãos de kefir de leite são partículas brancas ou amareladas, opacas, tal como uma pipoca e apresentam um tamanho irregular. Em contato com o leite em temperatura ambiente, esses grãos produzem a bebida fermentada que é o kefir. o resultado lembra muito um iogurte natural, com sabor mais “azedinho” e textura variável, de líquida a cremosa, variuadno conforme o tempo que passa fermentando e a temperatura ambiente. 


Qual é mais indicado aos intolerantes?


Quando o leite de kefir é fermentado por mais de 24 horas, a lactose presente nele é praticamente toda consumida pelos microorganismos presentes nos grãos. Isso permite que pessoas com intolerância à lactose possam consumir a bebida, desde que observado o grau de intolerância. “Todavia, para os intolerantes, o ideal é usar o kefir de água. O kefir de leite pode vir a causar desconfortos”, alerta Gisele.


A nutricionista deixa a dica: “O kefir pode ser consumido com frutas ou como substituto de iogurtes ou laticínios. Pode ser indicado para quem está fazendo dietas para emagrecer, visto que se trata de um alimento com baixa caloria.” Também é possível fazer a bebida em casa, mas as condições de conservação e manipulação precisam ser observadas. “Precisamos ter cuidado com as alterações de temperatura bem como a limpeza dos frascos em que se armazena o kefir”, orienta a profissional.