Voltar

Sem Glúten

Conheça as bebidas alcoólicas sem glúten

Confira nossas dicas e uma lista de bebidas sem glúten para brindar 2020.

Fim de ano chegando e a quantidade de festas, confraternizações, encontros e brindes aumentam conforme se aproximam os últimos dias do ano. E com esse tanto de eventos e encontros, quem é celíaco pode se perguntar: posso consumir bebidas alcoólicas? Quais? Em que quantidade? 

Já explicamos aqui que o glúten consumido por uma pessoa celíaca incita o sistema imunológico a atacar o revestimento do intestino delgado, causando atrofia das vilosidades: o sistema imunológico reage ao glúten corroendo as vilosidades e deixando-as incapazes de absorver nutrientes. 

Antes de falar sobre quais bebidas alcoólicas podem ser consumidas por quem é intolerante ao glúten, é necessário pensar sobre o efeito do álcool no intestino. 


Álcool X intestino lesionado pela doença celíaca

Imagine que você tem uma ferida grande na sua perna, jogar álcool é a última coisa que você quer fazer não é? E o que você faria? Protegeria, não deixaria molhar, desinfetaria, colocaria remédio, até que por fim a ferida cicatrizaria. Depois disso, até poderia cair álcool sobre ela e, desde que não ficasse o tempo todo em contato com sua pele, esse contato nào traria problemas.

Precisamos lembrar que as lesões do intestino merecem a mesma atenção que um machucado que podemos enxergar - como um corte no braço. E "colocar álcool em cima" não é a melhor escolha, mesmo quando a lesão não está doendo, pois ela continua ali. 

Pensando nisso, a primeira recomendação é: recupere seu intestino antes de pensar em tomar bons drinks. E, depois, beba com moderação!


Quais bebidas alcoólicas o celíaco pode consumir?

Se o intestino está recuperado, é possível consumir alguns tipos de bebidas alcoólicas. Apesar das recomendações, sempre é importante ler o rótulo e buscar a indicação de que "não contém glúten". 

Há uma crença comum de que destilados não têm glúten e isso se confirma em boa parte dos casos. Porém, precisamos atentar que eles são envelhecidos em barris de carvalho, os quais podem ter sido usados por outras bebidas com glúten na composição, podendo haver contaminação cruzada. 

Além disso, bebidas alcoólicas como uísque (derivado do malte), gin (feito com centeio, cevada e zimbro) e vodca (destilação de cevada, milho, trigo e centeio) são destiladas diversas vezes durante sua produção, o que teoricamente elimina o glúten. Mas é preciso se certificar!


Confira as bebidas permitidas para os celíacos

  • Espumante
  • Cidra (sem aditivos de cevada)
  • Frisante
  • Rum
  • Saquê (sem aditivos de cevada)
  • Tequila
  • Vermute
  • Vinho
  • Vodca


Bebidas proibidas 

Cervejas tradicionais: as cervejas comuns que estão em todos os bares e restaurantes contém glúten. Entre as marcas artesanais, é possível encontrar versões da bebida feitas sem glúten, tendo como base como sorgo, trigo sarraceno ou produzidas usando um processo que reduz a presença do glúten abaixo de 10 ppm, de acordo com a legislação vigente. Quer arriscar uma cerveja? Leia o rótulo antes de beber e tenha muito atenção ao ppm. Já o uísque é uma bebida alcoólica destilada de grãos, muitas vezes incluindo malte, que foi envelhecida em barris e por isso contém glúten. 

Além da escolha das bebidas e da leitura atenta do rótulo, é preciso atenção com a contaminação cruzada, especialmente fora de casa. Você pode pedir uma caipirinha de vodka ou outras bebidas com frutas, mas não tem como saber se elas foram cortadas e manuseadas em uma superfície contaminada. O mesmo vale para copos, colheres e outros utensílios que o seu drink tenha contato. Redobre a atenção, converse sempre com o garçom e, se achar melhor, opte por bebidas sem um processo de preparo.

Esperamos você a brinde o ano novo com mais saúde e tranquilidade!