Voltar

Sem Glúten

5 benefícios da farinha de arroz para a saúde

Um produto versátil e muito nutritivo, pois contém vitaminas do complexo B e minerais como cálcio, magnésio e zinco, proteínas e fibras.

O arroz é um dos alimentos mais populares na mesa do brasileiro, especialmente na dieta de pessoas celíacas, pois não contém glúten. Em grãos, pode ser encontrado em diversas variedades, com destaque para o branco, o integral e o parbolizado. Mas quem quer testar outras receitas seguras para intolerantes ao glúten pode buscar pratos com farinha de arroz, um ingrediente versátil e muito nutritivo, pois apresenta vitaminas do complexo B e minerais como cálcio, magnésio e zinco, fora proteínas e fibras.


A farinha de arroz está disponível na versão branca ou integral, dependendo da fonte. Enquanto a farinha de arroz branco tem uma textura fina, a de arroz integral é granulada, em razão do farelo. Tal como o grão, nenhum contém glúten e funciona em vários pratos, desde tortas a pães e bolos, tornando-se uma excelente substituta das farinhas com glúten.


E mais: a farinha de arroz também é uma aliada para quem está querendo emagrecer. Em comparação à farinha de trigo, a de arroz integral é mais nutritiva: são 4,6g de fibras por porção de 1 xícara de chá (100g). Nessa mesma porção, também se encontram 363 calorias, 7,23g de proteínas, 76,48g  de carboidratos, 2,78g de gorduras e zero de colesterol.


E os benefícios não param por aí! Preparamos aqui uma lista com 5 vantagens que o consumo regular da farinha de arroz pode trazer para a sua saúde:


1. Possui alto nível de fibras e proteínas

Especialmente na versão integral, a farinha de arroz é dotada de proteínas e vitaminas, especialmente a vitamina B, além de fibras que ajudam na perda de peso e diminuem o risco de desenvolver alguns problemas de saúde, entre elas a doença diverticular, doenças do cólon, diabetes tipo 2 e hipertensão.


2. Contribui para a saúde dos ossos

Contém uma boa quantidade de magnésio, um mineral essencial para a saúde óssea. Para aproveitar tal benefício, é necessário consumir a farinha feita a partir dos grãos que não passaram pelo refinamento (ou seja, integrais), pois o magnésio é perdido nesse processo.


3. Regula os níveis de colesterol 

O arroz integral contém alguns óleos que contribuem para o aumento do HDL, o chamado “colesterol bom”, que protege nosso organismo de doenças cardiovasculares, o que benefício se estende para a farinha feita a partir desse cereal.


4. Não altera o sabor e o odor dos alimentos 

Por não ter um gosto nem um cheiro evidente, a farinha de arroz é um ingrediente bastante neutro e pode ser utilizado na preparação de receitas doces e salgadas.


5. Combate a prisão de ventre

A prisão de ventre é resultado de uma dieta com pouca ingestão de fibras. Por isso, consumir essa farinha alternativa pode prevenir a constipação, visto que é rica em carboidratos complexos insolúveis. 


Em relação à durabilidade deste alimento, quando bem armazenada, a farinha de arroz branco tem validade indeterminada. Já a farinha de arroz integral, que contém mais óleos, costuma durar até cinco meses.



Fontes: Tua Saúde, Mundo Boa Forma e Zona Cerealista.