Voltar

Orgânicos

Hortifrútis de outono

Saiba quais são os alimentos do fim do verão e início de outono para realizar escolhas frescas, saudáveis e saborosas.

Durante todo o ano, os supermercados dispõem de ampla variedade entre frutas, legumes e verduras. Com essa comodidade, pouco se observa da sazonalidade de cada alimento, um conhecimento secular e que pouco vem sendo disseminado atualmente. O ideal é consumir mais os produtos colhidos na estação em que estamos, inclusive por serem mais em conta em comparação com os fora de época.


Cada alimento tem seu ciclo na natureza e, por esse motivo, os colhidos na época contam com vantagens nutricionais, já que trazem ainda mais vitaminas, minerais e nutrientes ao nosso prato. Quer sejam orgânicos, quer sejam regulares, ambos são mais abundantes de elementos para a saúde do nosso corpo conforme o tempo de colheita. 


O verão, que termina agora em 20 de março, apresenta um clima propício para inúmeras opções de hortifrútis. Neste post, vamos listar quais são os alimentos da safra de cada mês do outono, começando por março, um mês de transição entre as estações, para você economizar no setor hortifrúti e turbinar sua saúde.


  • Março


Frutas: abacate, caqui, carambola, coco, figo, goiaba, limão, maçã, maracujá azedo, pêra e uva;

Verduras: acelga, couve chinesa, manjerona, repolho, rúcula e tempero verde;

Legumes: abobrinha, chuchu, mandioca, milho verde, nabo, rabanete, pepino, quiabo e vagem.


  • Abril


Frutas: abacate, carambola, bergamota, caqui, goiaba, kiwi, maçã, maracujá azedo e pêra;

Verduras: couve chinesa, cebola, manjerona, repolho, rúcula e tempero verde;

Legumes: chuchu, mandioca, milho verde e nabo. 


  • Maio


Frutas: carambola, bergamota, caqui, goiaba, kiwi e pêra;

Verduras: alho, cebola, repolho, rúcula e tempero verde; 

Legumes: batata, batata doce, chuchu, inhame, mandioca, mandioquinha, milho verde, rabanete e vagem.


  • Junho


Frutas: bergamota, caqui, carambola, kiwi e lima;

Verduras: aipo, alface, alho-poró, almeirão, brócolis, couve, escarola, espinafre, mostarda, repolho, rúcula e tempero verde;

Legumes: abóbora, abobrinha, batata-doce, berinjela, cenoura, ervilha, gengibre, inhame, mandioca, mandioquinha, milho verde, moranga, nabo e tomate.


É importante salientar que a sazonalidade dos alimentos varia muito entre regiões do Brasil, por conta de condições e características climáticas locais, entre outros motivos. Estas safras podem variar bastante também por eventos adversos, como chuvas em excesso ou secas longas nas fazendas e granjas onde estão plantadas. Ainda assim, vale a pena copiar essa listinha para não deixar de se alimentar bem com o melhor que o outono pode oferecer.