Voltar

Consumo consciente

Flores, plantas e temperos felizes com inseticidas naturais

É possível cuidar da sua horta, do seu jardim e das suas plantas sem inseticidas químicos, apenas com produtos que se encontram no setor de hortifrúti

Os males que atacam hortas, plantas e flores nem sempre foram combatidos com produtos químicos. Houve um tempo em que insetos e outras pragas eram eliminados de forma natural, orgânica e segura. Os "pesticidas naturais" são oriundos de compostos feitos de plantas e possibilitam uma solução sustentável e acessível para manter a saúde dos seus canteiros. Outra vantagem é que evitam o risco de alergias ou intoxicações em você, seus filhos e seus pets.


Abaixo, ensinamos a fazer seus próprios inseticidas naturais. Então, acrescente alguns destes itens na sua próxima lista de compras:

1) Hortelã: Prepare um chá de hortelã e pulverize sobre as plantas. Protege contra insetos, como, por exemplo, formigas.

2) Alho: Bata no liquidificador uma cabeça de alho com alguns cravos da índia e dois copos de água. Deixe a mistura descansar por um dia e depois adicione três litros de água e pulverize sobre as folhas. Serve como repelente de insetos, tais como lagartas, pulgões, brocas, cochonilhas e ácaros

3) Cebola: Super útil contra lagartas, brocas, pulgões e ferrugem. Pode ser plantada ao lado dos temperinhos, flores ou folhas verdes para afugentar as pestes.

4) Folhas de tomate: Preencha dois copos com folhas de tomate picadas e adicione água. Deixe descansar por pelo menos uma noite e dilua a mistura em outros dois copos d’água. Pulverize com cautela, apenas em plantações em prateleiras ou plantas em vasos altos, porque pode ser tóxico para os animais domésticos.

5) Ovos: As cascas de ovo podem ser utilizadas de duas maneiras: trituradas e colocadas na terra para servir como fertilizante ou depositadas em grandes pedaços na base das plantas formando um anel que mantém longe lagartas, caracóis e caramujos.


Todas as "fórmulas" acima são simples e bem baratas para serem feitas em casa de forma segura, respeitando a biodiversidade e o planeta. Se você quiser mais dicas sobre como iniciar uma horta de temperos, já ensinamos neste post.