Voltar

Bem-estar

Dia do Nutricionista

Em 31 de agosto se comemora o Dia do Nutricionista. Entenda a importância deste profissional da saúde para todos nós.

A alimentação é uma necessidade intrínseca à vida humana e à saúde de todos. Porém, para manter o nosso bem-estar e a qualidade de vida, é preciso compreender a importância de seguir uma boa orientação nutricional. É nesse contexto que o trabalho do nutricionista faz toda a diferença! Em 31 de agosto é celebrado o Dia do Nutricionista, uma data voltada à valorização deste profissional que, por meio da orientação para a alimentação, promove saúde e contribui para a prevenção e o tratamento de doenças. 


A nutrição pode ser mais complexa do que se imagina. Isso porque há uma extensa diversidade de alimentos e nutrientes que precisam ser ingeridos conforme as necessidades de cada pessoa. O nutricionista avalia os aspectos clínicos e comportamentais, conhece os hábitos, costumes, preferências, presença de doenças e o estilo de vida do paciente, tudo isso faz parte do seu trabalho.


Através de processos educativos e direcionando as pessoas no caminho de uma boa rotina alimentar, ele garante a segurança nutricional e ajuda a controlar doenças. O nutricionista atua no combate à obesidade infantil, na orientação sobre o menu adequado para os idosos e na dieta para gestantes, diabéticos, pessoas com hipertensão arterial, intolerâncias alimentares, etc. Além, é claro, de orientar restrições especiais ou temporárias  para quem apresenta IMC elevado ou está descontente com o corpo.


Mas quem pensa que os nutricionistas atuam somente em consultas clínicas, está enganado. O campo da profissão é vasto e se expande cada vez mais, visto que a alimentação saudável ocupa uma posição primordial na preservação da saúde humana. Eles estão presentes na comunidade, atuando em escolas, centros de recreação e nas organizações ligadas à saúde; além disso, ainda há demanda para profissionais de nutrição em clubes esportivos, academias de ginástica e SPAs, laboratórios de pesquisas alimentares e da indústria de produção de alimentos. Os hospitais e clínicas médicas também precisam de muitas nutricionistas, orientando pratos para cada restrição pós cirúrgica que houver, ou ainda prescrevendo alimentações enterais.


A pandemia trouxe numerosos desafios para os profissionais de saúde, incluindo os nutricionistas, que também estão na linha de frente. Especialmente porque a Covid-19 causa muitos sintomas relativos ao trato gastrointestinal, que estão completamente relacionados com a alimentação do indivíduo. O nutricionista trabalha para que o paciente aumente sua imunidade para combater a doença de forma mais eficiente. 


Motivos para valorizar estes profissionais não faltam, certo? Então, fica a dica: não invente dietas ou regule a sua alimentação sem a orientação de um nutricionista. Invista na sua saúde e bem-estar. Busque sempre orientação de quem é profissional e merece seu reconhecimento.