Voltar

Bem-estar

Benefícios das águas flavorizadas

Se você tem dificuldade de beber água ou sofre por sentir pouca sede a água saborizada pode ser a solução para manter a hidratação em dia.

Todo mundo já ouviu falar que não se deve beber água só quando vem a sede e que o ideal é ingerir, em média, 2L ou mais ao dia. Mas essa relação com a hidratação pode ser complicada para algumas pessoas. Há quem sofra com a ausência de sede, uma condição que afeta grande parcela da sociedade, principalmente a população idosa.


Aqueles que não sentem vontade de consumir líquidos mesmo quando estão com baixa quantidade de água no organismo ou após ingerir alimentos salgados devem ficar vigilantes. Especialistas alertam para o perigo, pois, uma vez que a pessoa não sente vontade de beber líquidos pode sofrer uma desidratação e, consequentemente, passar por problemas graves. Parte dessas pessoas aponta que prefere beber chás e sucos, contudo, estas bebidas não substituem a água e são muito calóricas. Até o chimarrão não é substituto, pois é muito diurético e apresenta bastante cafeína nele.


É óbvio que a principal forma de prevenir tais complicações decorrentes da desidratação é beber líquidos o suficiente. Mas como é possível driblar a falta da sede de água? Uma boa opção é aderir à mistura flavorizada, também conhecida como água saborizada ou aromatizada. Essa bebida é criada a partir da inserção de fatias frutas, folhas de ervas e até mesmo especiarias na água, resolvendo a necessidade da hidratação com um toque de sabor na água.



Diferente, saborosa e saudável 


Ela é basicamente uma água comum - mineral ou tratada, da torneira mesmo - com um sabor adicional. Pode ter laranja, limão, morango, mirtilo, canela, entre outras frutas e especiarias, juntas ou separadas. Tudo depende do gosto de quem faz. Basta criar até encontrar seus sabores prediletos. Uma rodela de abacaxi com uma folha de hortelã, alguns cravos com fatias de maçã seca, um gomo de bergamota e um de laranja, entre outras composições, colocadas em uma jarra para que os sabores sejam absorvidos pela água. O ideal é que a mistura passe 3 horas em infusão a frio antes de beber. Contudo, na versão caseira a validade é curta, no caso, a bebida deve ser consumida em até 24 horas.


Quem quiser, pode optar pela versão pronta e engarrafada, composta por água mineral - com e sem gás - sais minerais, conservantes e uma leve adição de aromatizante de frutas e adoçante (normalmente a sacarina). Esta é considerada uma alternativa leve aos refrigerantes.